No menu da esquerda, selecionar as diferentes qualidades de cada produto, para poder ver as suas características, normas e ficha técnica.

LAMINADO A QUENTE (Hot Rolled) + DECAPADO

Os aços laminados a quente são os de maior produção e consumo, já que para além de serem a matéria-prima para o fabrico dos restantes produtos, este tipo de chapas são usados em inúmeras atividades industriais. A chapa laminada a quente é um produto obtido por redução a quente de um desbaste, numa linha contínua ou semi contínua. O material pode ser fornecido no seu estado laminado (preto) ou decapado. Neste último, o material é protegido em ambos as faces com uma capa de óleo.
Dada a sua grande versatilidade, pode-se usar e encontrar este tipo de produtos em diversas indústrias. Este tipo de material está vocacionado para permitir grandes deformações e produções de grande volume a um custo razoável. Estes processos realizam-se a temperaturas superiores 850 ºC.
O aço decapado e o aço laminado a quente, não são tipos diferentes de aços, contudo seguem processos diferentes no processo de fabrico do aço, relacionados com o acabamento da superfície.
O objetivo da laminagem a quente é reduzir a espessura do desbaste proveniente da colada, transformando-a em bobines através de uma deformação realizada a alta temperatura. Para cumprir este objetivo sucedem-se as seguintes etapas: reaquecimento da placa, desbaste da placa, laminagem, arrefecimento e bobinagem.

Ver mais

LAMINADOS A FRIO (Cold Rolled)

O aço laminado a frio é o produto que se obtém de uma bobine laminada a quente, mediante um processo de tren tándem, em continuo o em campana conseguindo-se uma superfície limpa de óxidos e imperfeições. Posteriormente produzir-se-á um processo de tempra de forma a conseguir um endurecimento no acabamento final.
Podemos encontrar estos produtos em múltiplas aplicações, como sejam tabuleiros e painéis de linha branca, maquinaria industrial, indústria automóvel, tubagens e perfis para a construção, vidões e vasilhame metálico, etc.
Os produtos laminados a frio, produzem-se a temperaturas próximas da temperatura ambiente, estando vocacionadas a obter elevados níveis de qualidade e tolerâncias dimensionais.
Os processos desenvolvidos na área de laminados a frio têm como objetivo, a partir da chapa LAQ, obter materiais de espessuras menores, com propriedades mecânicas e acabamentos de superfície, que lhe permitem uma ampla aplicação industrial.
Previamente à sua passagem pelo trem de laminagem, a chapa é submetida a um processo de decapagem.
Na laminagem obtêm-se as dimensões finais da chapa, completando-se o processo nas linhas de limpeza eletrolítica, decorrido que seja o processo de tempra e aplanagem ou inspeção. A chapa de aço durante o processo de laminagem a quente, o seu transporte e armazenamento, formam na sua superfície óxidos, também chamados calamina que são eliminados mediante o processo de decapagem. Esta oxidação superficial pode, no entanto, ter consequências negativas caso não se proceda à sua eliminação, como seja o desgaste da superfície e incrustações sobre a chapa e os cilindros de laminagem a frio.

Ver mais

RECOBRIMENTOS METÁLICOS (Galvanizados)

Os aços galvanizados são aqueles que se obtêm a partir de um revestimento de ferro e zinco. Como regra geral, trata-se de três capas de liga denominadas ‘’gamma’’, ‘’delta’’ e ‘’zeta’’, finalmente volta-se a aplicar zinco, criando uma capa denominada ‘’eta’’ que produz um efeito brilhante no aço.
Quando utilizado o método de galvanização, são dadas ao aço uma série de qualidades adicionais, como seja, uma resistência extra à corrosão e à abrasão. A resistência à corrosão, permite uma maior resistência face a um meio ambiente agressivo. Da mesma forma, o zinco permite igualmente que não haja corrosão, razão pela qual o aço estará protegido.
Podemos também observar que o zinco consegue cobrir descontinuidades que podem existir no revestimento devido à corrosão ou outros danos, tais como choque. O revestimento de zinco também fornece proteção contra a corrosão atmosférica e agentes contaminantes como sejam os óxidos ou outros situados pertos da costa. Oferece igualmente proteção contra água, tanto doce como salgada.
Concluindo, podemos dizer que o processo de galvanização oferece ao aço, maior durabilidade, maior resistência, protegendo-o de forma eletroquímica.

Ver mais

RECOBRIMENTOS ORGÁNICOS (Prelacados)

O aço prelacado possibilita a conceção de uma ampla gama de cores no aço, o que o torna muito mais atraente e versátil na aplicabilidade às diferentes indústrias. Este efeito obtém-se através da aplicação de uma capa de tinta, sobre o aço galvanizado, seca no forno. Esta camada de tinta fornece um valor acrescentado à camada de zinco, que por sua vez protege o aço, e desta forma tem-se um produto que oferece uma alta resistência à corrosão.

Ver mais